25/11/18 - 19:10

Rio de Janeiro

Palmeiras derrota o Vasco e conquista o título brasileiro em São Januário

Cruzmaltino lutou, mas não conseguiu segurar a forte equipe alviverde

Por: Matheus Emanuel

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

O Palmeiras derrotou o Vasco por 1 a 0 na tarde deste domingo (25), em São Januário e conquistou o título brasileiro de forma antecipada. O gol da partida foi marcado por Deyverson. A equipe cruzmaltina até tentou assustar o time palmeirense, mas só incomodou a equipe paulista na primeira etapa. No segundo tempo, o alviverde tomou as rédeas da partida e chegou ao seu gol de forma merecida. O Vasco segue na saga contra o rebaixamento e fica de olho nos outros resultados da rodada para saber o que precisará fazer na última rodada para escapar da degola

O jogo disputado em São Januário valia muito para as duas equipes. O Vasco entrou em campo para sepultar qualquer possibilidade de rebaixamento e o Palmeiras para concretizar o título brasileiro. Devido a importância da partida, os times entraram em campo com muita disposição e isso resultou em poucos espaços para oportunidades.

Na melhor chance vascaína, Andrey arriscou de fora da área e obrigou Weverton a fazer uma boa defesa. A chegada alviverde demorou e só aconteceu aos 41 minutos da etapa inicial. Bruno Henrique bateu forte, de fora da área, e a bola passou bem perto do gol de Fernando Miguel para assustar o goleiro cruzmaltino.

O segundo tempo começou com o Palmeiras pressionado, pois o Flamengo estava vencendo em Belo Horizonte, fato que empurrava a decisão do campeonato para a última rodada. Por sua vez, o time alviverde passou a dominar a partida e fez valer a sua qualidade técnica superior a da equipe vascaína. Aos 26, Dudu deu belo passe em profundidade para Willian, que ajeitou para Deyverson, sozinho, desviar para o gol e abrir o placar para a equipe do Palestra Itália. Mesmo com a necessidade do resultado, o Vasco não conseguiu respirar no segundo tempo em São Januário. Nem o apoio da torcida foi capaz de fazer com que o time de Alberto Valentim assustasse o líder do campeonato.

0 comentários