02/07/16 - 11:48

Para se afastar de momento turbulento, Flu pega o Coritiba em Volta Redonda

Desde a primeira rusga entre Fred e Levir Culpi o Fluminense não vive dias de paz. O atacante saiu do clube, mas os problemas continuaram. Os resultados recentes do Tricolor não são assustadores, mas sim o futebol. Neste sábado (2), às 16h, o time carioca enfrenta o Coritiba no Raulino de Oliveira visando se afastar desse mau momento.
Nas últimas quatro partidas, o Flu tem três derrotas e apenas uma vitória – o clássico contra o Flamengo – e mesmo assim jogando mal. Na manhã da última sexta-feira (1), cerca de 15 torcedores tentaram invadir a sede do clube bradando contra o elenco e o presidente Peter Siemsen. 
Internamente o clima também não é bom. Fora dos jogos contra Flamengo, São Paulo e do próximo contra o Coxa, o lateral Jonathan criticou a justificativa dada por Levir para não colocá-lo nem no banco. 
"Foi uma medida drástica, já que eu vinha tendo a sequência de jogos que tanto procurei no Fluminense e, de repente, me vejo fora até das concentrações. Acredito que estava cumprindo bem o meu papel dentro de campo e, claro, procurando evoluir cada vez mais sem nunca me sentir acomodado com a titularidade. Tive alguns incômodos em alguns jogos do Brasileiro, mas, graças ao trabalho do pessoal da fisiologia, pude me recuperar rapidamente e estar à disposição para o confronto seguinte", alegou o jogador.
Para o confronto com o Cortiba, o treinador tricolor não terá o lateral Giovanni e os meias Douglas e Cícero, todos suspensos. Por conta disso, Levir deve promover a estreia de William Matheus na ala esquerda. No meio campo, Pierre e Dudu, ex-Coxa, serão os substitutos. Outra mudança que pode ocorrer é a entrada de Osvaldo na vaga de Maranhão, que não vem jogando muito bem. 
Matérias relacionadas:
0 comentários