23/05/16 - 19:58

Paulo Victor: “Agora, o momento é de união”

Depois de perder para o Grêmio por 1×0 e desembarcar no Rio de Janeiro com um clima muito tenso e policiamento reforçado, o grupo do Flamengo fez um treino regenerativo no Ninho do Urubu e o goleiro Paulo Victor concedeu entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (23).
O resultado negativo de ontem serviu para esquentar, ainda mais, o clima de tensão dentro do clube. O goleiro sabe que, neste momento, o grupo tem que se unir e não achar culpados para a frágil situação atual e, só assim, poderão sair dessa.
"Não temos que achar culpados. O momento agora é de união, até por conta de tudo que estamos passando nesta temporada. É pressão o tempo todo. Pedir carinho, nesse momento é complicado. Temos que ter a capacidade de mudar a situação. Sei que somos capazes".
Depois do Presidente rubro-negro, Eduardo Bandeira de Mello, afirmar que, nesta semana, acontecerão mudanças no comando do futebol do clube, o nome do diretor Rodrigo Caetano é bastante questionado e muitos apostam que ele deve ser demitido. Quanto a isso, o goleiro tem sua opinião e sabe que a culpa não é só de Caetano. 
"Estamos falando de um ser humano. Neste momento, escolher um culpado é covardia. Não posso colocar ninguém, solitariamente, como culpado. Nem nós, nem ele. Todos devemos fazer mais, juntos, para tirar o Flamengo da atual situação".
O Flamengo foi eliminado na semifinal do Campeonato Estadual, eliminado na semifinal da Primeira Liga e na segunda fase da Copa do Brasil. Mesmo no comando técnico de Muricy Ramalho, o time vem sofrendo diversas críticas quanto ao futebol apresentado. Além disso, se por um lado o clube não contrata, por outro, os já contratados não correspondem ás expectativas.
0 comentários