04/07/16 - 11:22

“Perdemos o controle”, justifica Zé Ricardo o 4 a 0 do Corinthians contra Fla

A impiedosa goleada sofrida para o Corinthians na tarde de ontem em São Paulo por 4 a 0 já seria naturalmente lamentada pelo técnico Zé Ricardo, mas o fato do Flamengo ter feito um bom primeiro tempo, onde poderia inclusive ter feito mais de um gol, transforma a derrota em algo pior ainda de ser digerido. Expulso no fim da etapa inicial, Zé viu o Fla perder completamente o controle da partida nos 45 minutos finais, sobretudo depois do primeiro gol sofrido, marcado por Romero.
"A gente conseguiu um primeiro tempo de razoável para bom. Mas no segundo, após o primeiro gol, nós perdemos o controle e nos desorganizamos. Uma derrota dura, difícil.. Após o primeiro gol a gente se descontrolou um pouco. O Arão teve uma chance pouco antes, que o Cássio defendeu. A gente acreditava que poderia carregar o jogo até o final, com chance de vitória. A equipe do Corinthians é muito forte, tem jogadores muito fortes. A gente vinha numa sequência boa. Nós vamos ter que usar essa derrota como motivação para nos reconstruir", disse.
Depois do jogo, Zé Ricardo falou sobre sua expulsão, justificando que somente reclamou com o árbitro Heber Roberto Lopes de falta de Fagner sobre Ederson em que o árbitro não assinalou a infração, minutos antes de tirar o comandante da partida. Zé definiu sua expulsão como "covarde".
"Peço desculpas a ele se ele achou que agressivo. Só falei que o Fagner não acertou a bola. Cada um com sua consciência. O Fagner tentou atingir a bola, mas foi um carrinho forte. Pegou e acertou o Ederson. Não falei nada agressivo, levantei o braço, o que talvez tenha chamado a atenção dele. Mas acho que minha expulsão foi um ato covarde, não sei se ele faria o mesmo com outro treinador", afirmou o treinador, que também comentou o desempenho da dupla de zaga formada por Rever e Rafael Vaz.
"Está titular, vem mostrando bom desempenho. Não é em uma partida que vamos tomar uma definição. Até o início da partida a gente tinha a segunda melhor defesa da competição. Estávamos numa crescente. É apagar o resultado e tirar as lições para continuar".
Na sétima posição com 20 pontos, o Rubro-Negro volta a campo somente no próximo final de semana, quando enfrenta o Atlético-MG no domingo, às 11h.
Matérias relacionadas:
0 comentários