26/05/16 - 09:56

Por conta de problemas de saúde, Muricy Ramalho decide não continuar no Flamengo

O técnico Muricy Ramalho, que está realizando uma bateria de exames em São Paulo por causa de uma aritmia cardíaca realizada na semana passada, decidiu que não irá mais dirigir o Flamengo. A decisão partiu do próprio treinador. A pressão da família pesou para que o paulista priorize cuidar da saúde. A diretoria deve fazer o anúncio oficial do assunto ainda hoje.
Muricy tem um histórico recente de problemas de saúde. Em setembro de 2014, o treinador se sentiu mal durante um treino do São Paulo no CT da Barra Funda e ficou internado por quatro dias. Em 2013, quando dirigia o Santos, Muricy enfrentou um quadro de diverticulite e também ficou em observação. O mesmo se repetiu depois no Tricolor Paulista.
No comando do Flamengo, o tetracampeão brasileiro (três vezes pelo São Paulo e uma vez pelo Fluminense) e campeão da Libertadores da América em 2011 pelo Santos não chegou nem perto de convencer. Muricy chegou ao clube com o discurso de "reciclado" após um período estudando no Barcelona. Taticamente, até repetiu o habitual 4-3-3 utilizado no clube espanhol, mas longe de ter um sistema convincente, com um sistema defensivo frágil, um meio-campo carente de criatividade e Guerrero isolado no ataque. Foram 29 jogos, com 13 triunfos, sete empates e nove derrotas. Três eliminações em três torneios disputados: Copa Sul-Minas-Rio (na semifinal para o Atlético-PR), Campeonato Carioca (na semifinal para o Vasco) e Copa do Brasil (na semifinal para o Fortaleza).
0 comentários