26/01/16 - 23:46

Presidente da Ferj, Rubens Lopes, nega que tenha chamado dupla Fla-Flu de milícia

Em resposta ao vice-presidente de futebol  do Fluminense, Mário Bittencourt, o presidente da federação do estado do Rio de Janeiro, Ruben Lopes, concedeu uma entrevista ao programa Giro Esportivo, na noite desta terça-feira (26/01) e rebateu as declarações do dirigente do Fluminense, que afirmou que o futebol carioca está sendo mal representado. 
”Vejo com pesar esse tipo de declaração. Demonstra bem como o futebol carioca está mal representado na presidência. É triste. Parece que estou repetindo a entrevista de 2015, quando falai que o Fluminense estava sendo prejudicado no Carioca. Isso demonstra a dificuldade que temos de melhorar o futebol brasileiro. É curioso que o presidente da Ferj diga que a dupla Fla-Flu é miliciana por descumprir a legalidade. A proibição que é ilegal. A Liga pode existir, está prevista na Lei Pelé. Ele inverte tudo. O nosso torcedor não é bobo, sabe que o futebol carioca é mal representado. E, por isso, que apresenta resultado de média de público e de desempenho esportivo muito ruins”, disse Mário Bittencourt.
Rubens Lopes afirmou que em nenhum momento falou que o Fluminense é um clube de miliciano e rebateu de novo a criação da Liga Sul-Minas-Rio. 

”Em nenhum momento eu disse que clube A ou B são milicianos, um clube que ignora a lei e quer de forma violenta transgredir essa lei tem uma atitude miliciana, isso que eu quis falar. A Liga-Sul-Minas-Rio esportivamente é pirata, não existe, pois desrespeita uma série de leis”, disse Rubinho. 
0 comentários