20/05/16 - 10:22

Torcida protesta com pichações nos muros da Gávea

Em meio aos resultados ruins no Carioca e a eliminação na Primeira Liga, torcedores rubro-negros protestaram no Ninho do Urubu, no final março. E o fato voltou a acontecer na última quinta-feira à noite. Agora com a eliminação também na Copa do Brasil, contra o Fortaleza, da Série C, a paciência da torcida terminou de vez. O diretor geral, Fred Luz, o diretor executivo, Rodrigo Caetano e o vice de futebol, Flavio Godinho foram os alvos.

A Polícia Militar flagrou pelo menos dois homens e eles foram detidos. Uma das pichações trazia um recado ameaçador: "Vai morrer geral".
Ontem, na parte da tarde, em entrevista coletiva, Rodrigo Caetano, que nas pichações foi tachado de vascaíno, pediu desculpas à torcida rubro-negra pelo mau momento.
"Pedimos desculpas aos torcedores. É uma temporada frustrante, não há dúvida. Planejamos para que tudo fosse diferente. O número de derrotas é preocupante, não conseguimos reagir no ano. Até que ponto temos esse elenco equilibrado mesmo? Já passou da hora desse elenco fazer valer o investimento feito", disse Caetano.

0 comentários