30/06/16 - 08:23

Zé Ricardo crê em melhoria, mas elogia atuação do Fla contra Inter, principalmente no segundo tempo

Por mais uma vez, o resultado de um jogo do Flamengo não foi condizente à produção do time. O 1 a 0 contra o Internacional, a exemplo da derrota para o Flu e o empate contra o São Paulo, ficou barato. A superioridade do time treinado por Zé Ricardo foi visível, graças à volúpia ofensiva que a equipe tem demonstrado, e o placar poderia ser maior. É dessa forma que o comandante explica o triunfo em Cariacica, que manteve o Fla flertando com a zona de Libertadores da América.
"No geral o Internacional esteve melhor do que a gente. A movimentação deles confundiu a nossa marcação. Mas no segundo tempo, nós providenciamos uma troca nessa marcação, tomamos mais conta do jogo e tivemos mais oportunidades. Nos contra-ataques poderíamos ter definido a partida mais cedo. Bato na tecla de que se continuarmos jogando bem estaremos próximos das vitórias. Estou feliz porque o objetivo é estarmos próximos da turma lá de cima e nos confrontos diretos tirar essa diferença", afirmou.
Autor do gol da vitória, Ederson vem uma evidente ascensão desde que passou a ganhar maiores oportunidades com Zé Ricardo. O técnico foi só elogios ao seu pupilo na coletiva após o jogo.
"Ederson está em crescimento. É um grande profissional, pelo qual tenho profunda admiração, e vem merecendo espaço na equipe. Temos boas opções para o lado esquerdo, mas há um tempo nós conversamos e ele me disse que poderia fazer essa função", disse.
Na quinta posição, com 20 pontos, o Fla volta a campo no domingo para enfrentar o Corinthians, segundo colocado, com 22. O confronto direto por vaga na Libertadores e até mesmo título já foi projetado por Zé Ricardo, que destacou que o rival é o "mais preparado" do Brasileiro, mas mantém a confiança num bom jogo na Arena Itaquera.
"Um dos mais preparados da competição. Um time que mantém o padrão há pelo menos três anos, mesmo com troca de treinadores. Tem jogadores versáteis, laterais que apoiam e uma torcida que empurra muito na Arena. Vamos nos preparar muito bem porque o Flamengo pensa grande. Podemos jogar de igual para igual e fazer um bom jogo lá", comentou Zé Ricardo, que também reservou palavras sobre Guerrero.
"Quando ele se reapresentou, tivemos uma conversa franca. Falamos da expectativa que temos com a presença dele aqui. Disse que ele poderia fazer a diferença. Com um trabalho forte e as coisas começando a acontecer, ele seria peça fundamental. O Guerrero se colocou à disposição e tem trabalhado bastante. É um craque, uma referência, e não tinha motivo para não ser aqui. Ele sendo feliz no Flamengo vai ter ainda mais visibilidade e vai nos ajudar no Brasileiro", encerrou.
0 comentários