12/08/18 - 18:27

Rio de Janeiro

Zé Ricardo elogia partida do Botafogo, mas lamenta empate no final

Alvinegro fica em vantagem boa parte da partida contra o Paraná, mas cede a vitória nos minutos finais

Por: Jéssica Duarte

Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo

O técnico Zé Ricardo estreou no comando do Botafogo neste domingo (12) contra o Paraná. Apesar de estar em vantagem em boa parte da partida, o Alvinegro deixou a vitória escapar nos minutos finais. Em entrevista coletiva após o jogo, o treinador elogiou a postura do Botafogo, mas lamentou o empate no final.

– Sentimento de frustração como aconteceu. Acredito que fizemos uma boa partida, dentro do que a gente esperava. Com duas expulsões, muda a característica do jogo. Mas, de qualquer forma, acredito que poderíamos ter saído com os três pontos. Paraná pressionou e aconteceu o gol no final. A gente sabia que era um jogo difícil. Gostinho de decepção pela forma que foi, mas apresentamos bons sinais.

Zé Ricardo comentou sobre a escolha por Aguirre, já que Kieza virou desfalque do time nesta partida. Além disso, ele comentou sobre a volta do atacante.

– O Aguirre e o Brenner são dois belíssimos jogadores. Ele por ser canhoto, seria importante para fazer a entrada na formatação do lateral. Tivemos até uma oportunidade assim com o Luiz Fernando. De jogo para jogo a gente é obrigado a mudar um pouquinho a estratégia. Mas de qualquer forma, fico feliz pela performance. Pelo que soube, Kieza teve um pequeno incômodo na musculatura e está sendo monitorado. É precoce ainda dizer se vai para o jogo. Mas temos grandes jogadores para suprir em todas as posições.

Ao ser perguntado sobre o objetivo do Botafogo no Campeonato Brasileiro, o técnico Zé Ricardo afirmou que a intenção é pontuar sempre. Ele também comentou sobre uma possível volta de Gatito no jogo de quinta-feira, pela Copa Sul-Americana.

– O Botafogo primeiro precisa fazer um campeonato para ele mesmo, pontuar sempre. E pensar jogo a jogo, como a maioria dos meus colegas de equipe fala. Agora é focar no Nacional-PAR. É outra dúvida nossa. Quando cheguei, a programação inicial era para ele voltar no início do returno contra o Palmeiras. Mas ele tem tido uma evolução grande. Como temos outro grande goleiro sem condição de atuar, que é o Jefferson, precisamos ter cuidado. Apesar de o Saulo estar indo bem, hoje teve uma boa saída de bola, infelizmente no gol ele não pôde fazer nada.

0 comentários