27/03/18 - 14:31

Forças Armadas fazem inspeção em presídio da Zona Oeste

Secretário da Seap informou que todos os locais do sistema prisional será vistoriado

A penitenciária Gabriel Ferreira Castilho, também conhecida como Bangu 3, localizada em Gericinó, na Zona Oeste, recebeu na manhã desta terça-feira (27), as Forças Militares de segurança. A ação conta com a participação de 220 homens do Exército, o suporte do Batalhão de engenharia e 120 inspetores de Segurança e Administração Penitenciária (Seap). O objetivo dos agentes é apreender materiais ilícitos e investigar técnicas de corrupção dentro da penitenciária.

A galeria B7, local onde estão chefes de uma perigosa facção do estado do Rio que não foram transferidos para presídios federais, será um dos alvos da operação. O grupo, cumpre pena em uma cela com capacidade para 90 presos e é chamado de “comissão” ou “conselho de lideranças”. A B7 é considerada a “panela de pressão” do sistema prisional.

De acordo com as três investigações em curso, existe uma teia de descumprimentos às leis dentro das penitenciárias. As violações vão de manobras em contratos públicos, compra de quentinhas para presos, entrada irregular de armas, drogas e telefones celulares nas celas.

David Anthony, o novo secretário da Seap, informou que os agentes do órgão, com o ajuda das forças armadas, irão realizar uma varredura em todos os locais do sistema prisional.

 

0 comentários