10/07/18 - 09:59

Funcionário da SuperVia é preso suspeito de estuprar menores dentro da estação

Ele responderá pelo crime de manter relação sexual com menor de 14 anos

Um funcionário terceirizado da SuperVia foi preso suspeito de estuprar duas meninas de 12 anos dentro da estação de Bangu, na Zona Oeste do Rio, no Ramal Santa Cruz. Renato Gomes Costa de Souza, cometeu o crime na última quinta-feira (05) e foi preso no sábado (07).

Ele responderá pelo crime de manter relação sexual com menor de idade, podendo ser condenado a 14 anos de prisão. Em nota a Supervia informou que exigiu o afastamento imediato do funcionário que é contratado por uma empresa terceirizada de segurança. A SuperVia disse ainda que está apurando internamente o ocorrido e se coloca à disposição para auxiliar nas investigações policiais.

A Justiça do Rio determinou que a Supervia faça instalações de câmeras de monitoramento nas estações ferroviárias do Rio. De acordo com a decisão, a medida visa a segurança dos passageiros em casos como esse.  A medida deve ser cumprida em até um ao e meio.

0 comentários