03/06/16 - 08:33

Acordo de delação prevê que Cerveró deixe prisão dia 24 e devolva R$ 17 milhões

O acordo de delação premiada do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró com o Ministério Público Federal prevê que ele deixe a prisão no próximo dia 24 e devolva mais de 17 milhões de reais, aos cofres públicos em razão dos crimes cuja autoria assumiu durante as investigações da Operação Lava Jato. O acordo também prevê que Cerveró só possa ser condenado a, no máximo, 25 anos de prisão, somando todos os processos a que responde na Justiça.

0 comentários