09/06/17 - 11:22

Acusado da morte de turista argentino tem Habeas Corpus negado

A Justiça do Rio negou o pedido de Habeas Corpus de Pedro Henrique Marciano, conhecido por PH, feito por sua defesa. Ele é um dos quatro acusados de participar da morte do turista argentino Matias Sebastian Carena, que foi morto após uma discussão na saída de uma boate em Ipanema, Zona Sul do Rio.
 
Pedro Henrique e Júlio Godinho, também acusado, foram presos em abril e no início de maio, respectivamente. 

Relembre o caso

A confusão começou quando os argentinos discordaram do valor cobrado pelo estabelecimento e em seguida os suspeitos teriam começado uma provocação, segundo declaração do delegado da Divisão de Homicídios do Rio, Fábio Cardoso. 
Matias morreu depois de sofrer um traumatismo craniano, que pode ter sido causado por um soco ou depois que ele caiu no chão, como apontou a necropsia. Ele foi agredido com um porrete mesmo já estando desacordado. 
O jogador da primeira divisão de futsal argentino, de 28 anos, estava de férias na cidade com um grupo de 10 pessoas e voltaria à Argentina dias depois da agressão. 
0 comentários