06/07/16 - 08:00

Agentes penitenciários cobram salários atrasados e falta de equipamentos

Agentes penitenciários que trabalham no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste, interromperam suas atividades nesta manhã. De acordo com o Sindicato dos Servidores do Sistema Penal do Rio de Janeiro, essa medida, batizada de Operação “Dentro da Lei, Cumpra-se”, tem o objetivo de mostra que a Secretaria de Administração Penitenciária não tem equipamentos de segurança suficientes em funcionamento para atender a demanda do sistema prisional do estado do Rio. Os servidores também cobram o pagamento de salários atrasados.

0 comentários