09/06/16 - 18:23

Aumento no preço do feijão preocupa cariocas

A seca tem sido a grande vilã dos produtores de feijão, gerando aumento no custo de produção, fato que já pode ser notado nas prateleiras dos supermercados de todo o Brasil. O tipo carioca poderá chegar a R$ 12, nos próximos meses, enquanto o feijão preto deverá sofrer alta de 60%, passando de R$ 5 para R$ 8.
Uma saca de 60kg do feijão preto, de abril para maio sofreu um aumento de R$ 115 para R$ 230. Já a mesma saca do carioquinha saiu dos R$ 140, em janeiro, para R$ 450, em maio. No Rio, o tipo carioquinha pode ser encontrado por até R$ 8, enquanto o feijão preto está custando entre R$ 5 e R$ 6 ao bolso dos cariocas.
Apesar do aumento, Fábio Queiroz, presidente da Asserj (Associação de Supermercados do Rio de Janeiro) acredita que os valores não sofrerão maiores alterações daqui em diante. “Já começamos a sentir o aumento de preço do feijão, mas não ousaria dizer que chegará a R$ 12. O varejo formata parcerias com os fornecedores para que o repasse seja o menor possível, sobretudo em momento de crise” – Afirmou.
Por Kleber Pizão – Supervisão Rafael Cassimiro
0 comentários