12/09/16 - 10:34

Câmara vota hoje pela cassação de Eduardo Cunha

Depois de 355 dias, a Câmara dos Deputados termina nesta segunda-feira (12) o mais longo processo da história do Conselho de Ética, a votação para cassar o mandato de Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O ex-presidente da Casa está afastado do cargo desde o dia 5 de maio. O plenário será presidido por Rodrigo Maia (DEM-RJ), atual presidente da Câmara, e está marcado para começar às 18h.

Para Cunha perder o mandato, são necessários, no mínimo, 257 votos. Dos 511 deputados, pelo menos 470 precisam comparecer para que haja quórum.  Como estratégia, o peemedebista tentou convencer seus aliados a não marcarem presença na Casa, a fim de evitar a votação do processo.

No entanto, devido às eleições municipais, muitos parceiros perceberam que, um possível apoio a Cunha, poderia ser prejudicial à campanha. Sendo assim, partidos que sempre estiveram ao lado do peemedebista, como o PRB e PSD já debandaram e irão votar em massa pela saída do parlamentar.
 
Cunha informou que pretende ir à sessão para fazer a sua defesa ao lado do seu advogado, Marcelo Nobre. O peemedebista é alvo na operação Lava Jato acusado de manter contas bancárias secretas no exterior e de ter mentido sobre a existência delas em depoimento à CPI da Petrobras no ano passado.

Supervisão: Rafael Cassimiro 

0 comentários