17/08/18 - 17:03

Cármen Lúcia defende a democracia e diz que presidente do STF não é presidente da República

Magistrada afirmou que as críticas feitas à Constituição são feitas por quem não quer cumpri-la.

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, voltou a defender nesta sexta-feira (17) a democracia brasileira. Apesar da pressão sobre o Judiciário, a ministra afirmou que “juiz não é presidente da República ou um deputado”. Ela pediu para que os cidadãos façam a parte deles também.

Ministra afirma que os três poderem têm enfrentado grande demanda. Foto: Reprodução

A presidente do STF criticou as comparações entre a Constituição Brasileira com as de outros países, e exaltou a qualidade a produção das leis do país, dizendo que a Ficha Limpa foi copiada por outros países, e a Lei Maria da Penha é reconhecida pela ONU. Ela também afirmou que vivemos tempos “muito difíceis” no mundo e no Brasil, o que leva a um excesso de demandas da sociedade principalmente no poder Judiciário.

Apesar dos problemas, a ministra acredita que o Brasil é um país que “tem vocação para dar certo”. A magistrada afirmou que as críticas feitas à Constituição são feitas por quem não quer cumpri-la.

0 comentários