01/08/18 - 12:51

Carmén Lúcia pede prudência aos colegas do Supremo

Ministra irá ocupar o cargo até setembro deste ano quando será substituída por Dias Toffoli

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF),  ministra Cármen Lúcia, disse esperar prudência dos demais ministros em suas decisões. Ela afirmou ser inaceitável que decisões judiciais sejam descumpridas. “Neste tempo de grandes preocupações para todos nós cidadãos brasileiros, de dificuldades, mas também de possibilidades desejo que nós todos, como cidadãos, como juízes, sejamos cada vez mais, como temos sido e nos encaminhado, responsáveis em nossas competências com o Brasil, prudentes cada vez mais em nossas decisões e comprometidos entre nós com o país”, disse a ministra. Cármem Lúcia afirma que não irá tolerar descumprimentos judiciais.

Presidente do Supremo Tribunal Federal deixa o cargo em setembro. Foto: Divulgação.

Acrescentando ainda considerar inaceitável desavença ou descumprimento com o que a Justiça determinar. Nesta quarta-feira (01), o STF retoma os julgamentos deste ano. Estes serão os últimos 40 dias da gestão de Cármen Lúcia como presidente do Supremo. No dia 12 de setembro ela será sucedida pelo ministro Dias Toffoli.

0 comentários