24/08/18 - 13:49

Comandante do Exército cobra empenho das autoridades do Rio de Janeiro

General disse que componente militar é, aparentemente, o único a engajar-se na missão

Em mensagem lida, nesta sexta-feira (24), na cerimônia em comemoração ao Dia do Soldado, o comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, disse que após meses da Intervenção Federal na segurança pública no Rio de Janeiro, setores do governo do Estado se emprenharam pouco em tomar medidas para modificar os baixos índices de desenvolvimento humano que propiciam a proliferação da violência.

Segundo ele, passados seis meses, apesar do trabalho intenso dos responsáveis, da aprovação do povo e de estatística que demonstram a diminuição dos níveis de criminalidade, o componente militar é, aparentemente, o único a engajar-se na missão. Na mensagem, o general Villas Bôas disse que vivemos no país uma era de conflitos e incertezas, em que “se perdeu a disciplina social, a noção de autoridade e o respeito às tradições e aos valores”.

O general disse ainda que o Brasil é “um grande país que não consegue vislumbrar um projeto para futuro, nem, tampouco, identificar qual o papel a exercer no concerto das nações.”

0 comentários