19/08/16 - 11:23

Comitê Olímpico dos Estados Unidos se desculpa com o Rio

O Comitê Olímpico dos Estados Unidos se desculpou formalmente pela polêmica e consequentes transtornos do falso assalto inventado por quatro nadadores americanos. O pedido de desculpa se deu por meio de uma nota oficial assinada pelo CEO do Comitê, Scott Blackmun.
“Em nome do Comitê Olímpico dos Estados Unidos, pedimos desculpas aos nossos anfitriões no Rio e aos brasileiros pelo problema causado durante o que deveria ser apenas a celebração da excelência” – diz um trecho da nota. 
Após saírem de uma festa na Casa da França, na Lagoa, no último domingo, os nadadores Ryan Lochte, Gunnar Bentz, Jack Conger e James Feigen disseram ter sido vítimas de um assalto à mão armada. Eles relataram que bandidos portavam distintivos policiais e pararam o táxi onde estavam, o que configuraria uma falsa blitz. A história provou ser falsa alguns dias depois.
Os nadadores ficaram cerca de quatro horas na delegacia e foram liberados no início da madrugada de quinta, por volta de 1h20, e se hospedaram num hotel próximo ao Galeão. Conforme as investigações prosseguiram, os atletas confirmaram que não houve roubo.
A nota oficial classificou o comportamento dos atletas americanos como inaceitável.
O Comitê afirmou ainda que vai revisar o caso e discutir possíveis consequências aos atletas.
Supervisão: Rafael Cassimiro
0 comentários