20/06/16 - 16:20

Conselheiro do Estaleiro Mauá se defende de acusações de ex-presidente da Transpetro

O presidente do Conselho de Administração do Estaleiro Mauá, Herman Efromovich, se defendeu das acusações de recebimento de propina feitas pelo ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado e o filho dele. Segundo a deleção premiada, Herman se recusou a dar propina a campanha políticas, mas meses depois teria feito uma transação financeira através de um fundo de investimentos que o filho de Sérgio Machado mantém na Inglaterra, e uma empresa em que Efromovich é dono no Equador. Ele negou ter havido conflito de interesses, mesmo sendo prestador de serviços da Transpetro, empresa presidida por Sérgio na época. Ele também afirmou que não houve nenhuma irregularidade no processo licitatório com a Transpetro e disse que sofre preconceito do grupo Petrobras por não aceitar participar de negociatas.

0 comentários