12/09/16 - 11:07

Dívida do estado já ultrapassa 9 bilhões de reais

A dívida do estado do Rio de Janeiro chegou a R$9,3 bilhões, incluindo R$3,39 bilhões que ainda restam pagar de 2015 e R$5,9 bilhões em despesas até agosto deste ano. Esse débito é formado, principalmente, por pendências com fornecedores, o que causou a precarização de serviços.
Em  levantamento feito pela Comissão de Orçamento da Alerj, a folha mensal de salários dos servidores do Executivo é, hoje, de R$2,05 bilhões. O valor da dívida equivale a mais de quatro folhas salariais, que, por sua vez, têm sido pagas com muitas dificuldades. A quantia também pode ser comparada ao orçamento anual da área de segurança, a maior consumidora de recursos estaduais, que custa R$10 bilhões para o governo.
É constatado um aumento progressivo nas dívidas ao fim dos últimos cinco anos. Em 2011, no início do segundo mandato do então governador Sérgio Cabral, os restos a pagar eram de R$2,6 bilhões. Em 2012, de R$2,9 bilhões. No ano seguinte, R$4,6 bilhões; 2014, R$3,5 bilhões e em 2015, R$ 6,3 bilhões. Neste último, a dívida foi parcialmente quitada, deixando o saldo de R$3,39 bilhões.
Todos os dados constam nos relatórios de gestões anuais do Tribunal de Contas do Estado. Especialistas acreditam que o estado dificilmente irá superar a crise a curto ou a médio prazo, tendo em vista uma perspectiva baixa de arrecadação e um déficit calculado em R$16 bilhões para 2016. 
Supervisão Rafael Cassimiro
0 comentários