23/08/18 - 12:10

Eleições 2018: candidatos ao governo do Rio apresentam suas propostas na Super Rádio Tupi

Tarcísio Motta foi o segundo entrevistado e falou dos seus planos no Show do Clóvis Monteiro

O Estado do Rio de Janeiro enfrenta a maior crise financeira e moral da sua história. A população está acuada devido à violência e o Rio é o estado onde o desemprego mais cresceu. O carioca pede solução para os problemas nas áreas da segurança, saúde, educação, economia, e o poder de resolver  cada uma dessas questões depende dos eleitores.

A Super Rádio Tupi sabe da responsabilidade que tem nesse processo eleitoral e, por isso, a partir desta terça-feira (21), no Show do Clóvis Monteiro, os principais candidatos ao Governo do Estado serão entrevistados para expor suas propostas concretas para o Rio de Janeiro.

Nesta quinta-feira (23) o entrevista foi com o candidato Tarcísio Motta (Psol), professor de história da rede Estadual e do Colégio Pedro II, que disputou o governo do Rio pela primeira vez em 2014. Em 2016, foi eleito vereador da cidade do Rio.

Foto: Rachel Siston/Super Rádio Tupi

Confira a entrevista.

Rádio Tupi: Candidato Tarcísio Motta, anuncie um decreto que será publicado no Diário Oficial no dia de sua posse, caso assuma o Governo do Rio.

Tarcísio Motta:

RT: A situação do Estado do Rio de Janeiro é crítica e nunca houve tantas pessoas desempregadas e vivendo abaixo da linha da miséria. O senhor pretende criar algum programa social emergente para a situação do Rio de Janeiro?

TM:

RT: Aprofundando o tema da Intervenção Federal, a gente observa mega operações com micro resultados, com moradores se queixando de abuso de autoridade, e o senhor disse recentemente, que o fundamental é substituir a lógica da guerra e do confronto pela lógica da inteligência e investigação. O senhor é a favor da Intervenção Federal e como funcionaria a questão do abuso de autoridade, para que todos os lados saiam ganhando?

TM:

RT: Saúde é uma questão preocupante para a população carioca, faltam médicos, medicamentos e equipamentos. Como governador, como você pretende fazer para solucionar o caos na saúde público no Rio?

TM:

RT: Nos últimos anos no Estado do Rio, houve quase R$200 bilhões em isenções fiscais, para termas, motéis, restaurantes finos. Como governador, como vai tratar a questão das isenções fiscais?

TM:

Ouvinte RT: Seu partido é extremamente crítico às Forças de Segurança, como seria sua relação com a Polícia e a função necessário contra a ação de criminosos?

TM:

Aplaude ou não aplaude?

Foto: Rachel Siston/Super Rádio Tupi

O próximo entrevistado será o candidato Anthony Garotinho (PRP), que responderá perguntas e irá apresentar seus projetos para o governo do Rio, no Show do Clóvis Monteiro na Super Rádio Tupi, a partir das 8h.

0 comentários