18/05/16 - 13:16

ERRATA

Em retificação à reportagem veiculada em nosso site no último dia 21 de fevereiro, esclarecemos que, ao contrário do que fora noticiado, JOSEMAR FIGUEIREDO DOS SANTOS era 2º Sargento do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro e foi assassinado a tiros após tentativa de assalto na tarde do dia 20 de fevereiro, na rua Nuno de Andrade, em Irajá, zona norte do Rio. O bombeiro militar estava retornando do serviço após prestar plantão de 72 horas em razão do “alerta das chuvas” emitido pelo Corpo de Bombeiros e pela Defesa Civil na época do ocorrido. O falecido era militar de reputação irretocável, que prestou serviços exemplares à comunidade, não tendo qualquer envolvimento com o tráfico de drogas ou quaisquer outros crimes e não sendo conhecido como “traficante Nayá”, conforme havia sido veiculado erradamente na notícia anterior. A Super Rádio Tupi pede desculpas pelo equívoco aos familiares e amigos do bombeiro militar falecido e lamenta o ocorrido.

0 comentários