08/08/18 - 08:15

Estado terá que indenizar família de pedreiro morto em troca de tiros no Complexo da Penha

Esposa e os três filhos vão receber R$80 mil cada por dano moral

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ) condenou o Estado a indenizar a viúva e os três filhos do pedreiro Gutemberg Pereira de Souza, que morreu em fevereiro de 2017, após ser atingido por bala perdida durante um tiroteio entre policiais militares e traficantes no Morro da Fé, no Complexo da Penha, na Zona Norte do Rio, quando chegava em casa.

Cada uma das quatro vítimas vai receber R$80 mil por dano moral. O Estado também terá que pagar pensão à família.

Os desembargadores entenderam que o Estado é responsável pelos danos que provoca, ao optar sistematicamente por uma política de enfrentamento, sem se preocupar com a integridade e a vida de pessoas não envolvidas nos confrontos. Para a Justiça, se nessas circunstâncias alguém é atingido por bala perdida, é irrelevante que o projétil não tenha saído de arma de policial.

0 comentários