26/10/18 - 08:16

Ex-vereador Jerominho é solto após ganhar absolvição em processo

Natalino, irmão do ex-parlamentar, também foi absolvido

A Justiça do Rio determinou a soltura do ex-vereador Jerônimo Guimarães Filho, o Jerominho, após 10 anos e 10 meses preso, desde dezembro de 2007, no Complexo de Gericinó, na Zona Oeste do Rio, na tarde desta quinta-feira (25). Ele foi absolvido, no último dia 18, por um processo que respondia. De acordo com o processo, Jerominho era acusado de ser o mandante do assassinato do motorista de van, Rodrigo Costa, em 2005. A vítima conseguiu fugir do ataque.

Ex-vereador Jerominho. Foto: Reprodução

Jerominho foi acusado de comandar a maior milícia do estado do Rio de Janeiro no início dos anos 2000. Segundo a Vara de Execuções Penais (VEP) do Rio, a pena do condenado foi totalmente cumprida. O ex-vereador somava uma condenação de 19 anos e 10 meses de prisão. Contudo, ele foi beneficiado com três indultos presidenciais, tendo sua pena diminuída para 10 anos e 4 meses.

Ao deixar o presídio, o ex-vereador atacou Sérgio Cabral. Ele afirmou que os anos que passou na cadeia foram por causa do ex-governador que havia deixado Jerominho na prisão. O irmão do ex-parlamentar, Natalino José Guimarães, também foi absolvido da tentativa de homicídio do motorista Rodrigo Costa. Ele também era acusado de ser mandante do crime e ser um dos comandantes da milícia do Rio. Natalino está preso na unidade federal de segurança máxima de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

 

0 comentários