27/08/18 - 15:21

Governo do Estado determina a suspensão de venda de água mineral de três marcas

Laudo foi emitido no dia 16 de agosto

A Subsecretaria de Vigilância em Saúde, do governo estadual, determinou as suspensões de venda e consumo de quatro lotes de águas minerais naturais engarrafadas no Estado do Rio. As marcas afetadas são Pedra Bonita, Terê, Divina e Acqua Futura. Segundo o órgão, análises em laboratório apresentaram resultados insatisfatórios para os lotes examinados.

Marcas foram suspensas por conta de contaminação. Foto: Reprodução

Segundo o Laboratório Central Noel Nutels, a amostra analisada apresentou coliformes fecais. A empresa informou que pediu análise de contraprova, realizada no dia 14 de agosto, no mesmo laboratório. O teste contou com a presença de funcionários da Gerência de Controle Sanitário e Ambiental.

Ainda de acordo com a Pedra Bonita, o resultado da contraprova foi considerado satisfatório. O laudo foi emitido no dia 16 de agosto. O problema anterior teria sido provavelmente causado por contaminação de vasilhames, de acordo com a ata emitida pelo Noel Nutels.

0 comentários