22/09/16 - 10:28

Guido Mantega é preso na 34ª fase da Operação Lava Jato

O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega foi preso temporariamente pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (22) durante a 34ª fase da Operação Lava Jato. No momento em que foi levado, Mantega acompanhava sua mulher em uma cirurgia no hospital Albert Einstein, no Morumbi, Zona Sul de São Paulo.

Segundo as investigações do Ministério Público Federal do Paraná, em julho de 2012, o Consórcio Integra Ofsshore, composto pelas empresas OSX e Mendes Júnior, firmou contrato com a Petrobras no valor de US$ 922 milhões, para a construção das plataformas P-67 e P-70. 

Na época, Mantega era presidente do Conselho de Administração da Petrobras e de acordo com o depoimento o Eike Batista, o ex-ministro teria pedido R$ 5 milhões para o PT. O empresário teria feito o repasse por meio de um contrato falso com uma empresa de publicitários – já denunciados na Lava Jato por conceder seus serviços para lavagem de dinheiro- a quantia foi transferida no exterior, entre as contas de Eike e dos publicitários, em abril de 2013.

Guido Mantega comandou o ministério da Fazenda entre 2006 e 2014, durante os governos dos ex-presidentes Lula e Dilma.

Supervisão: Rafael Cassimiro 

0 comentários