17/11/18 - 12:38

Impasse mantém Carlos Miranda preso em Benfica

Não liberação na data estabelecida implica em violação ao acordo homologado pelo ministro Dias Toffoli

Foto: Reprodução

Carlos Miranda, apontado como o operador do esquema do ex-governador Sérgio Cabral, ainda não deixou o presídio de Benfica, na Zona Norte da cidade.

Em nota os advogados de Carlos Miranda, Daniel Raizman e Fernanda Freixinho, esclareceram que o presídio informa que não vai liberar o colaborador da Justiça, tendo em vista que a Vara de Execuções Penais não instruiu adequadamente o pedido, constando ainda mandados de prisão expedido pela 13ª Vara Federal de Curitiba.

Entretanto, a não liberação do colaborador na data estabelecida, implica em violação, por parte do Estado, ao acordo homologado pelo ministro Dias Toffoli. Carlos Miranda deveria ter deixado a prisão nesta sexta-feira (16), passando a cumprir a pena em casa, em regime domiciliar fechado, monitorado por tornozeleira eletrônica. Ele também vai pagar uma multa de R$ 4 milhões à Justiça. Enquanto o impasse não for solucionado, Miranda permanece no presídio.

0 comentários