16/08/16 - 11:25

Inflação segue em ritmo menor, conforme mostra pesquisa feita por FGV

Uma pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (ibre/FGV) mostra que o IPC-S (Índice de Preços do Consumidor Semanal) teve uma variação de 0,48% na segunda prévia de agosto. Essa variação representa um acréscimo 0,02 ponto percentual acima do resultado feito anteriormente, de 0,46%. Essa pesquisa confirma que a intensidade de alta caiu, já que na primeira prévia o índice teria passado de 0,37% para 0,46%.

Foram constatados acréscimos em alguns dos principais grupos de destaques. Para os transportes (de 0,32% pra 0,36%) que teria influência do etanol (de 0,96% para 2,19%). Já na saúde e cuidados pessoais, o índice teve uma variação, e subiu de 0,87% para 0,91%, sendo levado pelos artigos de higiene e cuidado pessoal (de 2,38% para 2,58%). O outro grupo, que também teve variações foi o de educação, leitura e recreação, com alta de 1,10% antes 1,06% que teria efeito, de forma principal, o reajuste dos ingressos para show musical (9,49% para 11,87%).

Os grupos que mais pressionaram a inflação no período foram: Leite tipo longa vida (11%); show musical (11,87%) refeições em bares e restaurantes (0,82%); perfume (4,38%) e nos planos de saúde e seguro (1,05%).

Supervisão Rafael Cassimiro

0 comentários