01/06/16 - 08:20

Jovem vítima de estupro coletivo vai deixar o estado como medida protetiva

Dois depoimentos estão sendo aguardados na Delegacia da Criança e Adolescente Vítima, no centro hoje. Um é o de Rafael Duarte Belo, de 41 anos, que gravou o vídeo em que a menor de 16 anos aparece após um estupro coletivo em uma comunidade da zona oeste do Rio. O outro, é de uma amiga da jovem que teria encontrado com ela no dia do crime. Sobre a vítima, o secretário de assistência social e direitos humanos, Paulo Mello, afirmou que tanto a menor como a família ja estão sob proteção do governo.  A menina ingressou no serviço de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados do Governo Federal. A subsecretária de Direitos Humanos do Rio, Andréa Sepulveda, informou que a jovem vai deixar o Estado do Rio e que pode mudar de identidade. A decisão aconteceu após a pasta detectar "ameaça gravíssima" contra ela. A adolescente já conta com apoio psicológico.

0 comentários