23/11/18 - 10:29

Jungmann afirma que há políticos atrapalhando investigações do caso Marielle

Anistia Internacional divulgou um documento que alerta para ausência de respostas

Foto: Reprodução/Internet

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, disse durante entrevista coletiva na última quinta-feira (22) que um “complô” tem atrapalhado a investigação da morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

Há oito meses, ela e o motorista foram assassinados a tiros no Centro do Rio, após sair de um evento na Lapa. O ministro afirmou que existem pessoas atrapalhando as investigações sobre o caso.

Recentemente, a Anistia Internacional divulgou um documento denominado “O labirinto do caso Marielle Franco”, que analisa o caso em cinco, e alerta para ausência de respostas. A divulgação do documento aconteceu, na presença dos pais da vereadora morta.

As investigações seguem sob sigilo.

0 comentários