01/06/17 - 16:36

Justiça bloqueia 3,1 bilhões de reais de réus de fraudes nas obras da Linha 4 do metrô

Cerca de R$ 3,1 bilhões de bens de vários réus em processos sobre fraudes no contrato das obras da Linha 4 do metrô do Rio foram bloqueados pela Justiça do Rio nesta quinta-feira (1º). Entre os envolvidos estão o ex-governador Sérgio Cabral, o ex-secretário de Transportes e deputado Federal Julio Lopes, e o ex-subsecretário de Turismo, Luiz Carlos Velloso. 
O processo foi aberto a pedido do Ministério Público, por meio de uma ação civil pública e a decisão é da juíza Priscila Fernandes Miranda Botelho da Ponte, da 6ª Vara de Fazenda Pública da Capital, que determinou o bloqueio de 25% da renda mensal obtida pelos consórcios Construtor Rio Barra e Linha 4 Sul. Além de 3% da receita mensal líquida das construtoras Queiroz Galvão, Norberto Odebrecht, Carioca Engenharia, Servix Engenharia e Cowan.
0 comentários