14/11/18 - 17:17

Rio de Janeiro

Justiça decide manter prisão de deputados presos na Operação Furna da Onça

Deputado Marcelo Simão, do Partido Progressista, foi o único que conseguiu liberdade com medidas restritivas

O Tribunal Regional Federal da Segunda Região decidiu na tarde desta quarta-feira (14), por unanimidade, manter a prisão de nove deputados envolvidos na operação Furna da Onça, um desdobramento da Lava Jato no Rio. O deputado Marcelo Simão, do Partido Progressista, foi o único que conseguiu liberdade com medidas restritivas e deixou a cadeia nesta terça-feira.

Apesar de ter conseguido a liberdade, Marcelo Simão não vai poder comparecer às sessões da Assembleia Legislativa, e terá que entregar o passaporte para a Justiça. Os deputados estaduais André Correa, Jorge Picciani, Paulo Melo, Chiquinho da Mangueira, Coronel Jairo, Luiz Martins, Marcos Abrahão e Marcus Vinicius Neskau, vão permanecer presos, até que a Polícia Federal e o Ministério Público terminem as investigações. Os deputados são suspeitos de participar de um esquema de corrupção, desvio de verbas públicas e loteamento de cargos que teria movimentado R$ 54 milhões entre 2011 e 2014.

0 comentários