28/08/18 - 12:02

Justiça rejeita denúncia contra chefe da Polícia Civil

Juíza disse que não há indícios de dano ao tesouro e nem prejuízos aos cofres públicos

Foto: Fernando Frazão

A Justiça do Rio rejeitou na segunda-feira (27), a denúncia oferecida pelo Ministério Público do Rio (MPRJ), contra o chefe da Polícia Civil, delegado Rivaldo Barbosa.

Segundo o texto publicado pelo MPRJ, ele e outros delegados teriam cometido crimes contra a Lei de Licitações. De acordo com a juíza Gisele Guida, na denúncia não há indícios de dano ao tesouro e nem prejuízos aos cofres públicos. Além de Rivaldo Barbosa, o ex-chefe da Polícia Civil, Carlos Augusto Leba, também foi denunciado pelo Ministério Público como sendo um dos responsáveis por firmar três contratos, que custaram cerca de R$ 19 milhões.

Os dois primeiros foram assinados por Carlos Augusto Leba, com a empresa Planejar Terceirização e Serviços, e o último pelo atual chefe de Polícia, Rivaldo Barbosa, com a Montreal Informática. Segundo os delegados, a justificativa para a dispensa da licitação, é que era uma situação emergencial.

0 comentários