11/07/16 - 10:59

Laudo confirma que explosão de prédio em São Conrado não foi acidental

O laudo da Polícia Civil do Rio que investigou a explosão que matou o alemão Markus Muller, em um prédio em São Conrado, na Zona Sul do Rio no ano passado, constatou que a explosão não foi um acidente e que teria sido provocada pela própria vítima. No documento, o delegado José Alberto Lage disse estar convicto de que o alemão instalou o rabicho de gás de forma errada intencionalmente para que a explosão ocorresse. Mas não diz o motivo que o levou a essa convicção. O alemão era a única pessoa que estava no apartamento. A explosão destruiu várias unidades do prédio que está interditado até hoje.

0 comentários