31/05/16 - 10:03

Lei prevê multa para quem não respeitar assentos prioritários

O prefeito Eduardo Paes sancionou uma lei que estabelece multa de 100 reais, para as pessoas que não respeitarem os assentos prioritários para idosos, deficientes, grávidas e pessoas com crianças de colo nos transportes que circulam no Rio. A lei, no entanto, não tem aplicação imediata porque dependerá de regulamentação.

0 comentários