01/11/16 - 11:07

Mais de 6.000 segurados têm auxílio-doença suspenso pelo INSS

Mais de seis mil segurados do INSS, que foram convocados para a revisão do auxílio-doença, mas que não passaram pela perícia, podem ter os benefícios suspensos. Conforme informado no documento, publicado na última quinta-feira, os beneficiários tiveram cinco dias corridos, que venceram ontem, para tomar conhecimento da data do reexame. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, os segurados foram convocados pela publicação oficial, pois não foram encontrados pela carta, que começou a ser enviada no começo de setembro. Segundo a pasta, outros editais deverão ser publicados, à medida que os segurados que se enquadram na revisão não comparecerem à perícia médica em um dos postos do órgão. A previsão é de que uma nova convocação seja feita até o fim deste mês. Após esta etapa, a convocação será feita através de mensagens em extratos bancários. Com o pagamento suspenso, a única maneira de restabelecer o recebimento é através do agendamento da perícia. Segundo a Previdência Social, o resultado sai em até um dia.

0 comentários