27/07/18 - 14:07

Médica pede para paciente comer secreção após procedimento estético

Após realizar uma lipoaspiração com a médica Geysa Leal Correa, uma paciente passou a ter complicações durante o período pós-operatório. A mulher teve o estômago perfurado e foi internada no Hospital Cardoso Fontes, na Zona Oeste do Rio. Ela está na unidade há mais de uma semana. A profissional já é investigada pela morte de outra mulher.

Paciente teve o intestino perfurado. Foto: Reprodução

De acordo com a paciente, em mensagens trocadas por celular com a médica, ela já relatava a presença de muita secreção mesmo tomando os medicamentos. Ela conta que mesmo com os antibióticos continuava inchada e sentindo muitas dores. Em uma determinada parte do diálogo, ela contou a profissional que os alimentos que estava ingerindo, estavam saindo pela cicatriz.

Logo após o relato da paciente, a médica enviou um áudio rindo da narração da cliente e pedindo para a mulher “provar” a secreção: “Amore, eu acho que você devia comer pra ver se é verdade, pra ver se é tomate, se é cenoura, porque isso aí pra mim, é gordura. Me desculpe, mas não fale besteira que quanto mais besteira você pensar, pior você vai ficar estressada. E me estressar à toa”, disse a médica no áudio.

A clínica que Geysa trabalha, em Niterói, Região Metropolitana do Rio, foi interditada nesta quinta-feira (26) pela polícia. Uma perícia será realizada no local por agentes da 77ª DP (Icaraí). Os policiais irão colher informações sobre os procedimentos realizados no local.

0 comentários