12/08/16 - 16:14

Michel Temer diz que a morte do agente da Força Nacional é um ‘lamentável acidente’

O presidente da República em exercício, Michel Temer, declarou como um "lamentável acidente" a morte do agente da Força Nacional Hélio Andrade que estava no Rio de Janeiro para atuar na segurança das Olimpíadas.  Segundo ele, o fato não vai tirar o ritmo e nem o brilho dos Jogos Olímpicos Rio 2016.
“Isso não deslustra as Olimpíadas, que estão transcorrendo em um ritmo normalíssimo, com muitos brasileiros ganhando medalhas. Tenho absoluta convicção de que as Olimpíadas farão com que o Brasil mais uma vez seja reconhecido pelo mundo”, acrescentou Temer. 
O agente Hélio Andrade foi baleado na cabeça depois que ele e mais dois agentes da Força Nacional entraram por engano Vila do João, no Complexo de Favelas da Maré, na última quarta (10). Hélio foi socorrido em estado grave no Hospital Salgado Filho mas não resistiu aos ferimentos.

Nesta sexta, o governo federal decretou luto oficial pela morte de Hélio Andrade e a decisão foi publicada no "Diário Oficial da União".

Matérias relacionadas: 

0 comentários