06/09/18 - 08:56

Ministro Edson Fachin nega pedido para suspender inelegibilidade de Lula

Decisão é provisória e o recurso do ex-presidente ainda vai ser analisado pelo plenário do STF

Foto: Reprodução

O ministro Edson Fachin, relator da operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), negou nesta quinta-feira (6) o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para suspender sua inelegibilidade.

Os advogados pediram a suspensão da condenação determinada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), no caso do tríplex do Guarujá, na qual Lula cumpre pena de 12 anos e um mês desde abril deste ano, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Como argumento, a defesa apresentaram a decisão liminar da Organização das Nações Unidas (Onu), que pediu para o Brasil garantir os direitos políticos de Lula. Entretanto, o ministro disse que o pronunciamento da ONU não suspende a condenação do ex-presidente e afirmou que o argumento da defesa não possui “elementos suficientes para garantir a concessão do pedido.”

A decisão é provisória e o recurso de Lula ainda vai ser analisado pelo plenário do STF.

0 comentários