25/10/18 - 11:49

Mulher suspeita de matar amante do marido é presa por policiais civis disfarçados

Apesar do período eleitoral foi possível cumprir o mandado de prisão porque o título eleitoral de Janaína encontra-se cancelado

Policiais da Delegacia de Homicídios (DH) da Capital se disfarçaram de funcionários da Caixa Econômica Federal (CEF) para conseguir capturar uma mulher que matou a amante do marido. De acordo com informações divulgadas nesta quinta-feira (25), a operação foi realizada na terça-feira (23).

Divisão de Homicídios da Polícia Civil. Foto: Reprodução

Os agentes atraíram a mulher, identificada como Janaína Guilherme da Silva, à unidade bancária, localizada na Praça Seca, Zona Oeste do Rio. Os policiais alegaram que ela havia sido sorteada no programa “Minha Casa, Minha Vida” e precisaria assinar alguns documentos. Quando chegou à unidade da Caixa, Janaína recebeu voz de prisão dos agentes.

A Polícia Civil informou que o crime aconteceu na casa da vítima, no bairro de Santa Cruz, também na Zona Oeste. A mulher matou Cristiane Santos da Cunha, que mantinha um caso com seu marido, a facadas. O crime teve ainda a participação de Rosana Silva do Nascimento. Ambas teriam começado uma briga com a vítima. Durante a discussão as mulheres teriam assassinado Cristiane.

A 2ª Vara Criminal da Capital já havia expedido um mandado de prisão contra Janaína. Segundo a Polícia Civil, apesar do período eleitoral foi possível cumprir o mandado de prisão porque o título eleitoral de Janaína encontra-se cancelado.

0 comentários