24/05/16 - 09:58

Nova fase da Operação Lava Jato mira repasse de milhões de reais em propina

A Polícia Federal e a Receita Federal, cumprem, a 30ª fase da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro e em São Paulo. Esta etapa investiga a possibilidade de pagamentos de 40 milhões de reais em propina a partir de contratos fraudulentos da Petrobras com fornecedoras. São cumpridos dois mandados de prisão preventiva, 28 de busca e apreensão e 9 de condução coercitiva, que é quando a pessoa é levada para prestar depoimento. Os alvos desta fase batizada de "Operação Vício“, são executivos e sócios das empresas fornecedoras de tubos, um escritório de advocacia utilizado para o repasse de dinheiro, dois funcionários da Petrobras e operadores financeiros. Os procuradores afirmam ainda que há indicativos da participação do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e do ex-diretor de Serviço e Engenharia da estatal Renato Duque. Ambos estão presos e têm condenação em decorrência da Lava Jato.

0 comentários