14/11/18 - 13:11

Rio de Janeiro

Oito meses após o assassinato de Marielle, Anistia Internacional divulga documento sobre informações do caso

Pai da vereadora afirma que caso ainda é um mistério

A Anistia Internacional divulgou nesta quarta-feira (14), oito meses após o assassinato da vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes, um levantamento reunindo informações veiculadas publicamente sobre o caso. De acordo com a organização, o objetivo é apontar questões graves que não foram respondidas e questionar o posicionamento das autoridades competentes.

Além disso, alguns pontos críticos são destacados no documento, como a falta de respostas sobre o desligamento das câmeras de segurança do local do crime dias antes do assassinato, o desaparecimento de submetralhadoras do arsenal da Polícia Civil, e o desvio de munição de lote pertencente à Polícia Federal. De acordo com Antônio Francisco, pai da vereadora, o caso é um mistério e as autoridades não informam os familiares sobre o andamento das investigações. Ouça:

 

Mesmo sem respostas definitivas ou adequadas, as informações divulgadas pela Anistia Internacional indicam que o assassinato de Marielle Franco foi cuidadosamente planejado e que pode ter tido a participação de agentes do estado e das forças de segurança.
0 comentários