07/01/16 - 04:11

Peritos do INSS seguem em greve e sem previsão para retorno

A greve dos peritos do INSS completou quatro meses e não há previsão para o encerramento. Quem precisa do benefício de um laudo médico da perícia, como auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez, sofre à espera de um atendimento. Segundo dados do INSS, o tempo médio de espera para o agendamento da perícia médica passou de 20 para 80 dias. Na maior parte das vezes, as pessoas conseguem agendar o atendimento, mas quando chegam ao local de atendimento são reagendadas. Estima-se que um milhão e trezentas mil perícias não tenham sido realizadas desde o início da paralisação dos médicos, em setembro de 2015.

0 comentários