02/08/18 - 11:57

Polícia Civil e MP realizam ação contra furto de combustível no Rio para revenda em São Paulo

Objetivo é cumprir cinco mandados de prisão e outros 14 de busca e apreensão

Foto: Divulgação/Polícia Civil

As Polícias Civil e os Ministérios Públicos do Rio de Janeiro e de São Paulo realizam uma operação contra uma quadrilha suspeita de furtar combustível no Rio para revender em São Paulo. O objetivo da ação, batizada de Água Negra, é cumprir cinco mandados de prisão e outros 14 de busca e apreensão. Até o momento, pelo menos três pessoas foram presas.

A investigação começou em agosto de 2017, quando a Policia Rodoviária Federal (PRF) abordou um veículo com R$48 mil e três válvulas de contenção de líquidos – objetos utilizados nos furtos de combustíveis -.

De acordo com as investigações, o grupo criminoso retira combustível, petróleo e óleo diesel de dutos da Transpetro em municípios como Duque de Caxias, Nova Iguaçu e Magé, na Baixada Fluminense, além de Silva Jardim e Pinheiral, no Sul Fluminense.

Os denunciados do Rio são Bruno Santos, Jorge Paes e Manoel de Andrade Maia, responsáveis pela escolha dos oleodutos, perfuração, retirada do combustível e comercialização. Já em São Paulo, um dos líderes do grupo é Claudionor Inácio da Silva, preso hoje, e principal comprador do combustível furtado.

O grupo foi denunciado por organização criminosa,  furto qualificado  e obstrução de Justiça.

0 comentários