31/10/16 - 14:33

Polícia investiga se morte de cantor de pagode foi crime passional

A polícia Civil investiga a morte do cantor Alexandre Martins, de 42 anos, integrante do grupo Pagolight, ocorrida na madrugada de domingo, no bairro São Matheus, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. A família da vítima suspeita da mulher do cantor. Os dois saíram juntos do show e o crime teria ocorrido em casa, após discussão entre eles. Segundo parentes do cantor, ela fazia parte do fã clube do grupo antes de conhecê-lo, e o acompanhava em shows realizados na Baixada Fluminense. Alexandre foi morto com uma facada no peito. A irmã do cantor, Beatriz Martins, disse que a família está inconformada com o crime.
O corpo de Alexandre será enterrado nesta tarde, no Cemitério de Mesquita. O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense.
0 comentários