08/11/18 - 12:09

Polícia prende mais um suspeito de envolvimento na morte de corretora

Vítima foi atingida por pelo menos quatro tiros

A polícia civil prendeu mais um suspeito de envolvimento na morte da corretora Karina Garófalo. Ela foi executada na frente próprio filho na Barra da Tijuca, em agosto deste ano. Pedro Paulo Barros foi preso na manhã desta quinta-feira (08) em Volta Redonda, no Sul Fluminense. O acusado foi levado para a sede da Delegacia de Homicídios (DH).

Karina Garófalo, morta na Barra da Tijuca. Foto: Reprodução/Redes Sociais

Pedro Paulo é ex-sogro da vitima. Ele teria, junto do filho que é ex-marido da vitima, Pedro Paulo Jr, encomendado a morte da corretora. Além dos mandantes do crime a polícia também já prendeu o primo do ex-marido da vitima, Paulo Maurício, que teria executado a corretora e Hamir Feitosa, que deu cobertura do crime numa motocicleta.

No dia do crime Karina Garofalo estava caminhando com o filho, de 11 anos e foi atacada quando chegava no condomínio onde morava. Um vídeo gravado por câmeras de segurança da região mostra o momento em que um homem encapuzado atravessa a rua e dispara contra Karina, que cai na calçada. O filho estava a alguns passos à frente.

A corretora foi atingida por pelo menos quatro tiros. De acordo com testemunhas, a arma usada para o crime teria o recurso de silenciador, para abafar o barulho dos tiros.

0 comentários