05/11/18 - 11:52

Polícia prende oito integrantes de milícia que atuava na Zona Oeste do Rio

Grupo roubava aparelhos para distribuição de internet

Pelo menos oito pessoas foram presas na manhã desta segunda-feira (05) durante operação da policia civil. A ação é contra integrantes de uma quadrilha especializada em furtar roteadores e comercializar os aparelhos de forma clandestina.

 Os aparelhos são equipamentos utilizados na distribuição de sinal de internet, telefonia e TV. O bando teria causado um prejuízo calculado em cerca de R$ 5 milhões e 400 somente na empresa Claro, maior vítima do grupo. De acordo com a polícia, os integrantes, agiam de forma organizada e com divisão de tarefas. As investigações apontam que todos funcionários ou ex-funcionários de empresas do ramo de telecomunicações furtaram diversos roteadores em várias regiões do Rio de Janeiro.

As estimativas são de que até setembro deste ano, os criminosos tenham roubado cerca de 90 roteadores. O valor de cada um é de R$ 60 mil. De posse do roteador subtraído e efetuada a limpeza do equipamento, o grupo anunciava os aparelhos no Mercado Livre. Eles eram vendidos por preços que variavam de R$ 6 mil a 25  mil.

0 comentários