06/07/16 - 11:32

Prefeitura da UFRJ conclui até sexta-feira instalação de 17 câmeras de segurança

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) informou que irá concluir a instalação, iniciada em maio, de 17 câmeras para segurança dos estudantes, na Ilha do Fundão, até o fim desta semana. Segundo a instituição, serão 14 câmeras fixas e três capazes de gravar e transmitir imagens em 360 graus. Elas terão ligação direta com o Centro de Controle Operacional da UFRJ, que funciona desde 2013 e grava imagens da quase totalidade do campus.

No último sábado (2) o estudante Diego Vieira Machado, de 30 anos, foi encontrado morto nas proximidades do campus com sinais de espancamento, havendo suspeita de que o crime tenha sido gerado por homofobia, fato que ainda está sendo apurado.  A  Polícia Civil informou que a Delegacia de Homicídios da capital está investigando o caso. “Perícia detalhada foi realizada no local e amplo trabalho de investigação foi iniciado para apurar de forma detalhada a dinâmica do fato que vitimou o aluno da UFRJ e identificar as pessoas envolvidas.”

A instituição afirma que começou a obter, em abril,  iluminação nova no hall de entrada e áreas do entorno, e também diz que as vias do campus são monitoradas pela Policia Militar, através de rondas diarias e pela Divisão de Segurança interna (Diseg). A UFRJ afirma também que a segurança patrimonial do campus é feita por pessoal terceirizado e que a Diseg funciona 24 horas por dia e recebe denúncias pelo telefone (21) 3938-1900 e pelo e-mail [email protected]

0 comentários